Dia 05 de junho, dia de repensar o meio ambiente

Desde o momento em que nascemos já deixamos um registro na nossa existência. Trilhamos por vários caminhos. Consumimos, economizamos, protegemos. Muitas vezes destruímos. Faz parte da nossa natureza humana nos experimentarmos e também reavaliarmos. Este é o mérito do ser humano: constatar erros e consertar estes. Perceber em 2022, depois de uma pandemia de dois anos, que algumas escolhas feitas durante dezenas de anos foram equivocadas é querer apostar em um futuro diferente. Perceber e optar por um novo caminho, onde se possa ver a sociedade, em geral, crescer e se desenvolver erradicando a pobreza, protegendo o meio ambiente e o clima, além de oferecer a garantia de que as pessoas, em todos os lugares, possam desfrutar de paz e de prosperidade. Para isto as pessoas se unem em prol de propósitos humanitários.

Em 2015, a Organização das Nações Unidas (ONU), estabeleceu os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que compõem uma agenda mundial para a construção e implementação de políticas públicas, que visam guiar a humanidade até 2030. Um caminho planejado e sadio. A importância dos ODS se dá pelo fortalecimento da cultura da sustentabilidade ambiental e social nos governos e nas empresas. No universo corporativo, esses objetivos tornam os negócios mais eficientes, responsáveis, transparentes e mais competitivos. É sobre repensar o cotidiano, o trabalho, as relações com os outros, mas com um ideal mais amplo. Com o propósito de ver a vida ganhar força perante à destruição que já se apresenta no mundo, em forma de mudança climática e guerra.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que fazem parte da chamada “Agenda 2030”, estabelecidos pela ONU.

E como se faz isto? Com informação. Com dados sendo levantados, com informações sendo repassadas e alcançando o máximo de pessoas. Com imprensa, empresas, escolas e sociedade comungando da necessidade de proteger as famílias e suas regiões. Com governos planejando políticas públicas, que proporcionem segurança aos cidadãos e aos seus futuros. É trabalho conjunto desde já, desde o micro ambiente até à alta cúpula de entidades mundiais. Não se protege a vida sozinho. E quando se fala em vida se fala de meio ambiente protegido, em economia sadia para todos e atividades sociais justas. Isto é desenvolvimento viável e sustentável. É isto que o mundo precisa. O Dia Mundial do Meio Ambiente é uma data que merece ser comemorada todos os dias. E que precisa ser vivida diariamente com responsabilidade. Saber que toda ação tem consequência e que precisamos estar atentos aos resultados já é um início. Responsabilidade é a convocatória neste momento. O legado desta pandemia é termos visto, o quanto nós precisamos ser fortes pensando e planejando o coletivo. Só assim estaremos cumprindo nossa missão, que não é o de herdeiros da terra, mas de cuidadores do planeta. Planeta este que nos é emprestado pela próxima geração

LEIA
TAMBÉM

A Biosys Ambiental esteve presente na primeira Mostra de Veículos e Mobilidade Elétrica do Rio Grande do Sul, a Eletric Move 2023. Ela ocorreu nos dias 01, 02 e 03 de setembro no Centro de Eventos da Festa da Uva em Caxias do Sul.
O dia mundial do Meio Ambiente, ocorreu dia 5 de Junho, mas os eventos ocorreram durante toda a semana. Confere um pouco da participação da Biosys em eventos da Semana do Meio Ambiente.
Nos dias 9, 10 e 11 de Maio a Biosys Ambiental esteve presente na 9ª edição da FIEMA Brasil 2023, a maior feira de sustentabilidade do sul do país, em Bento Gonçalves. O evento realizado pela fundação PROAMB apresentou diversos cases de inovação além de soluções e conhecimentos na área ambiental.
Somos uma empresa especializada no gerenciamento completo de resíduos industriais, realizando todo o processo que compreende a coleta no gerador, o transporte, a triagem e o armazenamento temporário, o tratamento ambientalmente correto com a destinação final de resíduos sólidos, semissólidos e efluentes líquidos industriais com a emissão do CDF – Certificado de Destinação Final.
A Biosys Ambiental é uma empresa que insere a sustentabilidade em sua estratégia de negócio, como forma de construir, ativamente, um futuro seguro para as próximas gerações. Fazemos parte do Grupo Datasys, que atua há 50 anos nas áreas de tecnologia e meio ambiente.
Afim de compreender melhor o assunto, o portal ControlMais, da CIC Caxias do Sul, entrevistou Tiago Neto, analista técnico sênior do Conselho de Meio Ambiente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs/Codema) e representante da FIERGS no Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) e nas suas Câmaras Técnicas. Além disso, Tiago é presidente da Câmara Técnica de Controle e Qualidade Ambiental do Consema.
Empresa que faz gestão de resíduos gerados na indústria gaúcha, a Biosys Ambiental conseguiu driblar uma alta de quase 50% nos custos para manutenção de logística deste ano através do investimento na modernização de sua frota, em equipamentos e na sua estrutura física.
Desde o momento em que nascemos já deixamos um registro na nossa existência. Trilhamos por vários caminhos. Consumimos, economizamos, protegemos. Muitas vezes destruímos. Faz parte da nossa natureza humana nos experimentarmos e também reavaliarmos. Este é o mérito do ser humano: constatar erros e consertar estes.