Retrospectiva Biosys Ambiental 2021: um ano de muitas conquistas

Nosso ano passado foi cheio de realizações que queremos dividir com você.

Em um momento em que contávamos com perspectivas de recuperação em meio às incertezas decorrentes da pandemia do coronavírus, 2021 se mostrou um ano de muitos desafios e superações.

Com um plano estratégico bem traçado, somado ao trabalho duro de uma equipe determinada a alcançar seus objetivos, o projeto de consolidar a empresa como referência no gerenciamento de resíduos industriais no Rio Grande do Sul ganhou forma. 

Em 2021, participamos da gestão de mais de 17.000 TONELADAS de resíduos, volume este tratado de forma ambientalmente correta pela tecnologia de coprocessamento eliminando passivos ambientais.

Um resultado que traz a participação de todos, conforme relata nosso CEO, Guilherme Guila Sebben:

“Dia a dia superamos desafios e com determinação conseguimos atender nossos clientes de forma positiva e com muita segurança, aumentando nossa colaboração efetiva no desenvolvimento sustentável da indústria gaúcha.


Novos clientes chegaram, objetivos e metas alcançadas e terminamos este período com o sentimento de dever cumprido”


A conquista da certificação internacional ISO 14001 e os investimentos que fizemos nos transmite tranquilidade para superar os desafios de 2022.”

Temos orgulho em afirmar que, em mais este período de trabalho temos como resultado o coprocessamento de todos os resíduos gerenciados por nós, não utilizando aterro como disposição final.

Para a Biosys Ambiental, o aterro não é uma solução para os resíduos prejudiciais ao meio ambiente.  Acreditamos que todo o resíduo industrial que possa ser coprocessado se tornando uma fonte alternativa de geração de energia, jamais deve ir parar em aterros industriais permanecendo como passivo ambiental.

Para 2022, estamos preparando muitas novidades para você, que nos apoia e nos ajuda a construir um futuro melhor para o meio ambiente de nosso estado.

“O novo ano vem com a força de desafios renovados, visando o melhor, confiando no trabalho da nossa equipe e cooprocessando ainda mais resíduos prejudiciais para o meio ambiente.”

Vem com a gente!  Vamos prosperar juntos, colhendo tudo o que plantamos em 2021.

Um grande abraço de toda equipe.

LEIA
TAMBÉM

Optar por mandar resíduos para aterro industrial mantém o passivo ambiental de sua empresa enquanto existem outras alternativas para esses resíduos. A Biosys Ambiental trabalha com a tecnologia do coprocessamento, um processo que transforma o resíduo industrial de nossos clientes em combustível alternativo.
Nosso ano passado foi cheio de realizações que queremos dividir com você. Em um momento em que contávamos com perspectivas de recuperação em meio às incertezas decorrentes da pandemia do coronavírus, 2021 se mostrou um ano de muitos desafios e superações.
A Biosys Ambiental conquistou a certificação internacional ISO 14001, passando a integrar o seleto grupo de empresas gaúchas de gerenciamento de resíduos a possuir uma certificação em qualidade ambiental. Saiba mais sobre nossa conquista.
São considerados resíduos os “restos” das matérias-primas que após a transformação pela indústria não viram produtos, mas sim materiais descartados após o beneficiamento ou produtos/embalagens pós consumo humano. Acompanhe nosso artigo e saiba mais sobre os tipos de resíduos e como a Biosys Ambiental pode contribuir para o seu correto gerenciamento.
Desde o início da era industrial até a era digital, muitas transformações aconteceram ao redor do mundo. Uma delas está no aumento da preocupação relacionada aos temas ambientais e ao desenvolvimento sustentável. Na natureza, porém, nada é desperdiçado. Tudo é continuamente metabolizado e interage de forma dependente...
Um debate que é considerado imprescindível para a Biosys é a sustentabilidade inovadora. No último trimestre, realizamos uma live que contou com diversos profissionais para analisarmos em conjunto O Futuro Sustentável dos Bons Negócios. Nesta ampla análise a professora da UFRGS, Istefani Carisio de Paula, abriu o ponto inicial:A sustentabilidade é inovadora?
O Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) é um requisito obrigatório para empresas obterem ou renovarem a sua Licença Ambiental. Ele indica, entre outros, os seguintes dados: – Quais resíduos sólidos a empresa gera; – A quantidade de resíduos sólidos gerados; – A metodologia usada no manejo destes resíduos.
As empresas estão cada vez mais preocupadas com as questões ambientais e seus danos, conhecidos como passivos ambientais, pois sabem que podem gerar consequências agravantes ao meio ambiente e ao seu negócio.